Se me Dizem que sou Fogo

Se me dizem que sou fogo
Sei que não apago pelo caminho
Se me dizem que sou louca
Sei que louca é pouco e eu não sou pouca nem louca
Sou o meu sonho sozinho
Se me dizem que sou perdida
Sou as pedras na calçada
Sou as ondas das mágoas
Sou as curas da fachada
Sou tudo o que quero e sempre quis ser
Não tenho medo de nada
Não tenho nada a temer.